O que os olhos não veem…

Cada Dia

“…Bem-aventurados os que não 
viram e creram.” 
Jo 20.29

Tomé é alguém que expressa uma face inerente e persistente do ser humano: a incredulidade. Do alto de sua tolice uma pessoa a quem é apresentada a fé em Cristo, ainda hoje diz: “de modo nenhum crerei”. São Tomés todos os que se recusam a crer. Como você tem enfrentado as perdas e decepções? Tomé não reconheceu o Cristo ressurreto, não viu o milagre diante de seus olhos.

A incredulidade foi o único pecado nominado por Jesus: “do pecado, porque não creem em mim” (Jo 16.9). Mas, surpreendentemente, ao invés de Jesus nos rejeitar, ele ainda hoje atende ao incrédulo: “põe aqui o dedo e vê as minhas mãos”. Jesus nos acolhe mesmo quando nos falta fé.

O amor de Deus nos recebe como estamos, mesmo distantes de Deus e da fé, como mortos. Mas este mesmo amor nos aperfeiçoa, e ao reconhecermos em Jesus o nosso Deus e Senhor, ele nos ensina um caminho melhor para vivermos a vida. Ele nos diz: “Não seja incrédulo, mas crente” (Jo 20.27), a fim de que respondamos como Tomé: “…Senhor meu e Deus meu!”(Jo 20.28).

— Senhor, eu quero ser feliz! Aumenta a minha fé para que eu veja as tuas maravilhas. Senhor, eu creio! Mas ajuda-me na minha falta de fé. Em Jesus, amém.

Cada Dia • lpc.orb.br
CC BY-NC-ND 3.0 • This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s