Para espalhar a Sua Palavra…

Jônatas da Cunha Ferreira

Um missionário chegou a uma vila ao lado de uma grande plantação de arroz. Ali, falou de Jesus para os moradores e em pouco tempo, alguns deles se converteram. Semanas depois, um deles perguntou:

– Até onde devemos ir para falar de Jesus a outros? O missionário olhou para a plantação de arroz e indagou:

– Na colheita, até onde você colherá arroz?

– Até o último pé, respondeu o camponês.

– Pois este é o campo que Jesus nos deu: até o último a ser colhido, disse o missionário.

Creio que é este o conceito que Jesus ensina em Atos 1.6-8 sobre nossa missão como discípulos. Antes de ser elevado aos céus, Jesus tem o último diálogo sobre o Reino com os discípulos. Eles perguntaram: “Será este o tempo em que restaures o Reino a Israel?” (1.6). Ao que Jesus responde: “Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade; mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra” (1.7,8).

Nesta resposta Jesus deixa claro que a nossa missão como discípulos está centrada em sermos testemunhas do seu nome. Aí está o princípio da missão da igreja e o coração do ensino sobre o Reino de Deus: Uma igreja para espalhar sua palavra para todos os povos em todas as gerações até que ele venha.

Isso significa que é nossa alegre responsabilidade compartilhar o evangelho em nossa geração na terra onde estamos. Jesus disse aos discípulos em Jerusalém: vocês serão minhas testemunhas aqui em Jerusalém (1.8). Ele tem em mente discípulos que vivam o evangelho e exerçam o poder do Espírito de tal modo a serem agentes de transformação onde vivem.

Por isso, devemos mergulhar alegremente nossa missão nesta cidade onde vivemos e trabalhamos. Tubarão é nossa Jerusalém. Em Tubarão precisamos ser testemunhas e fazer discípulos do Senhor Jesus, ensinando-os a guardar tudo quilo que Ele mesmo disse. Aqui devemos, espontânea e intencionalmente, conduzir pessoas a Cristo. Por quem você tem orado ou vai orar para falar de Jesus? É aqui, nesta cidade, que precisamos refletir a transformação do evangelho, a santidade, o amor de Deus e a paixão pela Sua Glória.

Significa também que devemos nos envolver alegremente com a pregação do evangelho da cruz de Cristo em todas as proximidades e até as últimas fronteiras, até a última pessoa. Jesus diz: em Jerusalém, mas também em toda Judéia e Samaria e até os confins da terra. Jesus tem em mente, portanto, uma igreja que cresça exponencialmente em todo lugar simultaneamente pelo testemunho de crentes que se empenham em levar o evangelho onde Jesus não fora anunciado.

Por isso, precisamos ser missionários onde estamos e além das fronteiras. Precisamos nos envolver com a evangelização em nossa região, estado, país, mas também em outras culturas. Precisamos orar pelos missionários. E muito. Precisamos orar para que nossos filhos cresçam amando a Jesus acima de todas as coisas a ponto de se entregarem alegremente à pregação do evangelho. Precisamos financiar a ação missionária, empreender esforços para convidar as pessoas de todas as nações em nossa geração a encontrarem em Cristo o tesouro que tudo satisfaz. Porque apenas seres humanos limitados como nós podem comunicar o evangelho arquitetado por Deus, encarnado por Jesus e admirado pelos anjos.

Jônatas da Cunha Ferreira • iptubarao.wordpress.com
CC BY-NC-ND 3.0 • This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Brasil License
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s