A organização da Igreja

Jônatas da Cunha Ferreira

No cenário cristão evangélico atual é possível notar alguns seguimentos que tem entendido que a organização institucional da igreja é desnecessária e até antibíblica, defendendo, de maneira pueril, o fim de toda formalização.

No entanto, a visão orgânica – espiritual – da igreja como Corpo de Cristo não pode ser completamente dissociada de sua natureza organizacional. A título de exemplo, percebemos que o próprio Jesus instituiu, como reunião em torno dele, a Ceia do Senhor, dizendo que toda vez que comêssemos do pão e bebêssemos do vinho, anunciaríamos sua morte até que ele volte (1Co 11.26). É em torno da ceia do Senhor que a igreja se reúne. Isso é formalização: tem hora, tem maneira e tem lugar. E é seríssima, pois Paulo disse que, dependendo da forma como participamos da ceia, podemos sofrer consequências (1Co 11.29). Assim, a organização da igreja é inevitável ou, porque não dizer, necessária, como também as principais metáforas bíblicas para definir a Igreja evidenciam.

No entanto, é preciso ressaltar que essa comunidade de pessoas crentes no Senhor Jesus, enquanto organização ou instituição, precisa se deixar dirigir sempre pela perspectiva espiritual, comunitária e orgânica da Igreja para não cair no erro de fazer do odre (organização institucional) algo que seja mais importante que o vinho (evangelho de Cristo). Dessa forma, a construção dos padrões e requisitos para a organização da igreja devem nascer de uma compreensão espiritual e biblicamente arraigada da natureza da igreja.

O primeiro requisito é a necessidade de solidez da nossa fé que se atinge com crescimento e amadurecimento espiritual individual e comunitário, segundo o próprio Deus nos concede, porque dele vem o crescimento (1Co 3.6). Como Corpo de Cristo a igreja deve crescer de maneira integral, coletiva e individualmente, sem que nenhum membro se atrofie por falta de alimento ou exercício (2Pe 3.18; 1Tm 4.7). Por isso, o crescimento, embora dado por Deus segundo sua vontade, depende também de nossa responsabilidade em fazer uso dos meios que Ele nos deu para crescermos: a oração e a Palavra. De outra sorte, a solidez da nossa fé é a permanência obediente na simplicidade daquilo que Deus determinou para o desenvolvimento da fé e o exercício da piedade.

Uma segunda necessidade é a constância na participação e na contribuição fiel de cada um com seus talentos, dons espirituais, tempo, intelecto, habilidades e recursos. A igreja como corpo é composta de membros diferentes, com diferentes capacidades segundo o próprio Deus concedeu (1Co 12; Ef 4.7-16). Assim, a presença constante, a participação entusiasmada e a contribuição alegre, generosa e voluntária de cada um é o fôlego do crescimento comunitário e do desenvolvimento de ministérios que reflitam a glória de Deus na face de Cristo por meio do Evangelho.

Ainda, é necessário para a organização da igreja que haja uma liderança madura segundo a Escritura (1Tm 3.1-13; Tt 1.5-9). Ela recomenda que aqueles que lideram não sejam arrogantes, orgulhosos, irascíveis, dados a embriaguez, cobiçosos ou simonitas. E que sejam irrepreensíveis, fiéis em todo proceder, bons educadores, cujos filhos sejam criados com disciplina, hospitaleiros e acolhedores, servos do bem, justos, piedosos, que dão bom testemunho do evangelho, apegados à Palavra e aptos para ensinar. O desenvolvimento da vida comunitária da igreja depende também disso, para que a própria liderança não se torne em tropeço para muitos.

Ficam então as seguintes questões: Você está crescendo como membro do corpo para que todo corpo cresça junto? Qual o ministério para o qual Deus tem te chamado para servir para glória de seu nome? Você está apto para liderar? Que Deus abençoe sua Igreja!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s