Sobrevivência Espiritual

Jônatas da Cunha Ferreira

Em toda história, desde que o pecado entrou no mundo, a humanidade sofre guerras. Algumas são históricas, tais como a Guerra de Tróia (1250-1240 a.C.), a Guerra dos cem anos (1337-1453) ou a 2ª Guerra Mundial. Muitas são por poder, por domínio, por influência; outras por ideais, por direitos, por independência, por vingança, etc. São tantas que deixaram rastro de sangue e destruição.

A Bíblia narra algumas dessas guerras e batalhas da história. No entanto, o apóstolo Paulo fala de uma em particular que chama a atenção por possuir uma natureza completamente diferente das demais. Não é uma luta por motivos fúteis, nem é contra carne ou sangue. É uma guerra sem tréguas ou descanso. Uma guerra espiritual para a qual cada crente precisa estar equipado e preparado (Efésios 6.11-18).

Ao descrever essa batalha, Paulo aponta para seis “armas” de ataque e defesa que temos para a luta pela sobrevivência espiritual em um mundo onde reina o pecado e a perversidade. São elas: a Verdade; a Justiça; o Evangelho; a Fé; a Salvação da Graça de Deus; e a Palavra (vv.14-17). No entanto, o apóstolo conclui atrelando estes elementos a um fator que, em sua descrição, é fundamental a sobrevivência do cristão em meio a esta guerra: a oração. Ele diz: “com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos” (v.18). Para ele, a oração é a condição necessária ao uso adequado daquelas “armas”. Apenas por meio dela, estes instrumentos estarão plenamente operantes na hora da batalha. A oração é, portanto, instrumento da sobrevivência espiritual cristã porque nos equipa com as armas que precisamos para vencer aquilo que nos torna espiritualmente fracos, com a fé inoperante ou uma vida vazia.

É pela oração que vencemos a ansiedade: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças” (Filipenses 4.6). A ansiedade, que é incompatível com a confiança no Senhor, é derrotada por meio da oração. Ela fornece um escape para a preocupação e é o meio pelo qual renovamos nossa confiança no poder e no cuidado de Deus.

É pela oração que vencemos a tentação e o pecado que diariamente nos assedia. Jesus falou aos discípulos: “Por que estais dormindo? Levantai-vos e orai, para que não entreis em tentação” (Lucas 22.46). O desafio dos discípulos naquele momento era permanecer em fidelidade a Jesus. Entretanto, foram tentados, deram lugar ao medo e fugiram quando Cristo foi preso. A oração sincera é a trilha da dinâmica espiritual que nos leva a andar verdadeiramente no Espírito. E se andarmos, efetivamente, no Espírito não satisfaremos aos desejos da carne (Gálatas 5.16).

É pela oração que vencemos a religiosidade. O autor da carta aos Hebreus diz: “Orai por nós, pois estamos persuadidos de termos boa consciência, desejando em todas as coisas viver condignamente” (13.18). Para ele, a oração é o meio de alcançar uma vida digna do evangelho em que se manifesta a plenitude da redenção e da verdade, e não mera religiosidade cega e infrutífera. A oração é alimento para um espírito sadio, para a espiritualidade verdadeira e vida cristã autêntica.

Assim, não há como escapar do fato de que a oração é necessária ao cristão que deseja sobreviver à guerra sem tréguas que enfrenta. Orar é viver vitoriosamente sobre os inimigos que matam a espiritualidade e a esperança. Não é possível ser cristão sem oração. Ela é o próprio combustível do relacionamento com Deus. Como você pode melhorar seus hábitos de oração para ser espiritualmente sadio?



Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s