Pode-se mudar as pessoas?

Boa Semente


_aspas

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos. (…) E vos darei um coração novo e porei dentro de vós um espírito novo. (Jeremias 17:9-10; Ezequiel 36:26)

Um importante político disse certa vez: “Se essa revolução não tem como meta mudar as pessoas, então não me interessa!”

É quase uma frase bíblica! A Bíblia fala exatamente sobre a necessidade de nascer de novo, de ser uma nova criatura. Mudar o homem parece ter sido o objetivo de todas as revoluções. Porém, isso não se consegue mudando a sociedade. Se a humanidade tivesse começado certo, milhões de vidas teriam sido poupadas.

De fato, as Escrituras enfocam as coisas de uma maneira diametralmente oposta: fala de mudar o coração do homem para que este possa ver o reino de Deus.

Jesus veio viver entre os homens; viu a miséria, a condição de escravidão em que se debatem por serem incapazes de livrar a si mesmos. Jesus Cristo morreu para salvá-los e expiar os pecados deles. O que nEle crê nasce de novo. Pode ter a segurança de que algum dia entrará no reino de Deus, mas desde o momento em que recebe Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador, sua vida é transformada. Pode servir a Deus neste mundo. Sabe onde achar a força para viver segundo os preceitos divinos, e dessa maneira ser útil ao próximo.

A revolução humana nunca alcançou essa meta. Só produziu terríveis massacres, perseguições sem precedentes e inumeráveis mártires. É o que sempre acontece quando o homem usurpa o lugar de Deus.

Querido leitor, você deseja nascer de novo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s